WEBNÁRIO

A ESQUERDA

E A REVOLUÇÃO

BRASILEIRA

O webnário “A Esquerda e a Revolução Brasileira” é uma ágora de aprofundamento da discussão sobre o pensamento marxista nacional, em meio ao ressurgimento, em todo o mundo, do interesse pelas obras de Karl Marx e pelo materialismo histórico como método para analisar e buscar soluções para as grandes crises do capitalismo. O evento irá apresentar visões diferentes sobre as perspectivas reais de um acirramento das lutas de classes, no Brasil, e do estabelecimento de um estado de luta revolucionária em contraposição ao pensamento reformista de esquerda. Uma oportunidade única para estudantes, militantes e acadêmicos se atualizarem sobre os novos rumos do marxismo brasileiro e se debruçarem sobre as novas teses discutidas tanto na academia como nas redes sociais.

04
horas de duração
165
minutos de palestra
75
minutos de perguntas e respostas

Palestrantes

Alysson Leandro Mascaro

Jurista e filósofo, professor da Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo, doutor e livre-docente em Filosofia e Teoria Geral do Direito pela USP. Autor, dentre outros, de “Filosofia do Direito” (GEN-Atlas) e “Estado e Forma Política” (Boitempo).

Tema da palestra:
A REVOLUÇÃO BRASILEIRA:
BALANÇOS E PERSPECTIVAS.

Jones Manoel

Historiador, professor de história, mestre em Serviço Social pela UFPE. Educador e comunicador popular, dirige a Coleção Quebrando as Correntes junto com Gabriel Landi e já lançou "Revolução Africana: antologia do pensamento marxista" e "Raça, classe e revolução - a luta pelo poder popular nos Estados Unidos", ambos lançados pela Autonomia Literária. É organizador do livro "Colonialismo e luta anticolonial: desafios da revolução no século XXI", de Domenico Losurdo (Boitempo Editorial); mantém no Youtube um dos maiores canais marxista do Brasil, participa do podcast Revolushow e escreve para diversos portais da esquerda brasileira, como Revista Opera, Lavrapalavra e Blog da Boitempo. É militante comunista pelo PCB.

Tema da palestra:
A COR DA REVOLUÇÃO BRASILEIRA:
RAÇA E CLASSE NA LUTA PELO PODER POPULAR.

Juliane Furno

Graduada em ciências sociais na Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) e possui mestrado e doutorado em Desenvolvimento Econômico no Instituto de Economia (IE) da Unicamp. Atualmente é colunista de economia do jornal Brasil de Fato e economista-chefe do Centro de Estudos Econômicos (CEE) do Instituto para a Reforma das Relações Estado e Empresa (IREE).

Tema da palestra:
DESAFIOS DA REVOLUÇÃO BRASILEIRA À LUZ DE CELSO FURTADO,
CAIO PRADO JUNIOR E FLORESTAN FERNANDES

Rui Costa Pimenta

Jornalista, presidente nacional e fundador Partido da Causa Operária (PCO). Militante trotskista, há mais de 40 anos, participou da refundação da União Nacional dos Estudantes (UNE), após a ditadura militar. Também fundou a CUT e o Partido dos Trabalhadores (PT). Foi candidato a presidente da República em quatro ocasiões, em 2002, 2006, 2010 e 2014. É autor de diversos livros e apresenta, semanalmente, aos sábados, a Análise Política da Semana na COTV, TV digital do PCO.

Tema da palestra:
O NACIONALISMO BURGUÊS E O PARTIDO OPERÁRIO
NA REVOLUÇÃO BRASILEIRA.

A REVOLUÇÃO

O historiador Caio Prado Júnior dizia que o processo de colonizaçao do Brasil abriu feridas sociais tão profundas que seria necessário a construção de uma burguesia forte, a partir das engrenagens do capitalismo nacional, de modo a provocar uma inevitável luta de classes e, ato contínuo, uma revolução socialista brasileira. A tese do grande pensador marxista, registrada na obra “A Revolução Brasileira”, de 1966, voltou a reverberar, nos últimos anos, graças ao renascimento do interesse de uma nova geração de acadêmicos brasileiros pela obra de Karl Marx.

Esse súbito refluxo marxista, após um longo período de hibernação ideológica provocado pelo fim melancólico da União Soviética e das experiências do socialismo real, na Europa oriental, só foi possível por conta da força da internet e de suas redes sociais. É lá, no mundo virtual, que um exército de homens e mulheres passou estabelecer uma relação dialética com o meio - um paradoxo de atuação, posto que no ambiente monopolista das grandes corporações digitais - e popular com um público tão ávido quanto neófito no ambiente de estudos e do léxico marxista.

OBJETIVO

O objetivo desse webnário é o de reunir, em um só evento, quatro dos mais relevantes pensadores marxistas do País, não necessariamente da mesma geração, mas parte do mesmo movimento de resiliência do pensamento de Marx e adeptos da tese da revolução brasileira: Rui Costa Pimenta, jornalista e escritor, presidente do Partido da Causa Operária (PCO); Alysson Leandro Mascaro, jurista, escritor e filósofo do direito marxista; Jones Manoel, youtuber, historiador, educador popular e militante do Partido Comunista Brasileiro (PCB); e Juliane Furno, youtuber, economista e militante do PSOL e do Levante Popular da Juventude.

Quero acessar o webnário!

O webnário “A Esquerda e a Revolução Brasileira” é uma parceria entre a agência de marketing digital CobraCriada, fundada pelo jornalista e escritor Leandro Fortes, e o Diário do Centro do Mundo (DCM), portal de notícias fundado pelo jornalista Kiko Nogueira. É o primeiro de uma série de eventos digitais conjuntos que irão tratar sempre de temas relativos à vida política e cultural do Brasil, a partir de um debate público com a participação de palestrantes convidados e o público previamente inscrito.

Siga a CobraCriada:

Siga o DCM: